Notícias Abril

Piscinas em betão projetado

Após anos de sucessivos desafios para avançarmos na área da construção civil de piscinas, anunciamos agora a nossa presença nesta área através de uma parceria devidamente apoiada numa equipa de colaboradores especializados e exclusivamente dedicados à construção de piscinas, e com conhecimentos sólidos neste setor específico.

Construímos piscinas em betão projetado (sistema Gunite), a mais eficiente técnica de construção de piscinas e que garante total estanqueidade e possibilita todas as formas, dimensões e profundidades.

Assim, mantendo-nos fiéis à nossa filosofia, recorremos sempre aos melhores materiais disponíveis no mercado e aos meios técnicos mais fiáveis para construirmos de forma segura o local de lazer dos nossos clientes!

Para clientes com uma exigência de equipamentos e soluções estruturais ao mais alto nível, apresentamos soluções de chave-na-mão, com garantia de qualidade de construção e de durabilidade!

 

Complementarmente também efetuamos:

  • Reabilitação de piscinas, com o máximo cuidado técnico;
  • Manutenção periódica das piscinas e dos seus equipamentos;
  • Construção de pisos desportivos em betão poroso e em pisos sintéticos;
  • Aplicação e manutenção de pisos em relva artificial;
  • Serviços de manutenção de jardins.
Tags:
Arquivado em Notícias | Abril 22, 2015

CTX Pool Care App

A nova aplicação desenvolvida pela CTX é um guia fácil e confortável para analisar o estado da água em cada momento e receber imediatamente as recomendações dos especialistas.

 

Com a CTX Pool Care App poderá:

  • Dispor imediatamente de um diagnóstico personalizado sobre o estado da água da sua piscina. Introduzindo as caraterísticas básicas da piscina e os parâmetros fundamentais de análise (pH e nível de desinfetante), receberá uma receita exata com a indicação das ações a realizar, dos produtos a utilizar e das suas quantidades e formas de doseamento.
  • Dispor das soluções mais precisas para o tratamento de possíveis problemas derivados do uso da piscina (ex: como enfrentar o aparecimento de algas, como conseguir uma perfeita transparência da água, …).
  • Receber conselhos e recomendações para manter a água em ótimo estado, tanto na época de utilização como no inverno.
  • Descobrir a gama mais completa de produtos para o cuidado e desinfeção da piscina.
  • Aproveitar a oportunidade para entrar em contacto connosco. Os nossos especialistas poderão esclarecer qualquer dúvida no menor tempo possível.

 

Todo o nosso conhecimento e experiência agora ao alcance das suas mãos!

 

Transfira a aplicação gratuitamente na App Store ou no Google Play.

Tags:
Arquivado em Notícias | Abril 14, 2015

Aproximação da época balnear

A importância dos cloros estabilizados

A contaminação da água de uma piscina deve-se, fundamentalmente, à presença de banhistas e ao meio envolvente.

Apesar de todas as precauções, o nadador elimina, necessariamente, secreções bocais e nasais, além de transferir gorduras cutâneas, cosméticos e outros produtos ricos em microrganismos para a película superficial da água. Esta película é resistente e pode ocultar os microrganismos, protegendo-os dos desinfetantes.

Por conseguinte, a água da piscina deve, além de desinfetada, ter características desinfetantes, capazes de inativar os microrganismos à medida que eles entram no meio hídrico, de forma a evitar a transmissão de doenças contagiosas.

 

A utilização de cloro como agente sanitário e oxidante numa piscina foi há muito reconhecida, independentemente da espécie de cloro utilizada, graças ao seu elevado poder oxidante. O objetivo principal é combiná-lo com a água para formar o ácido hipoclorídrico (HOCl), uma vez que apenas nesta forma ele higieniza e oxida.

No entanto este ácido tem certas limitações:

  • tem tendência a ser instável na presença da luz do sol e a temperaturas elevadas;
  • funde-se rapidamente com compostos de azoto, principalmente amónia (dando origem às cloraminas), reduzindo em mais de 90% o seu poder germicida e provocando um grande problema na manutenção da água das piscinas;
  • é dependente do pH da água, pois à medida que o pH aumenta a percentagem de cloro que permanece como ácido hipoclorídrico desce.

 

No caso do hipoclorito de sódio e do hipoclorito de cálcio, todas estas limitações estão presentes, apresentando ainda o hipoclorito de sódio os seguintes problemas:

  • é muito corrosivo e cáustico, dando problemas de manipulação;
  • tem um tempo de vida em contentor reduzido, 4 meses ou menos, dependendo da forma como está armazenado;
  • aumenta o pH da água da piscina e o teor de cloretos e de sódio.

 

Da existência destas limitações surge o uso do ácido isocianúrico (H3O3C3N3) como estabilizante em relação ao cloro, dando origem a dois derivados clorados bastante usados na desinfeção de águas de piscina: o dicloroisocianurato de sódio (Cloro rápido), e o ácido tricloroisocianúrico (Cloro lento).

O dicloroisocianurato de sódio deve ser doseado na forma de solução e por meio de bombas doseadoras, devendo a limpeza do tanque da solução ser feita com frequência devido aos precipitados que se formam e que podem prejudicar o bom funcionamento do sistema de dosagem.

O ácido tricloroisocianúrico, devido à sua grande dificuldade em se dissolver (daí o nome cloro lento) só pode ser aplicado diretamente no tanque de compensação ou na piscina (desde que não haja frequência de banhistas no espaço das 8 horas seguintes).

Estes dois compostos apresentam três grandes vantagens:

  • não são tóxicos nas doses habitualmente usadas em piscinas;
  • a sua ação estabilizante em relação ao cloro residual permite diminuir consideravelmente a velocidade de desaparecimento do cloro em piscinas ao ar livre. Embora essa estabilização não seja tão necessária em piscinas cobertas, aqueles produtos poderão, mesmo aí, ser aplicados;
  • não afeta o pH da piscina.

 

Por último, convém sempre lembrar que um desinfetante deve ser de largo espectro, isto é, ser capaz de destruir ou inativar bactérias, cistos, vírus e algas, e ser bem tolerado pelos banhistas. Mas é também fundamental recordar que os desinfetantes não são inócuos para os banhistas, devendo por isso a escolha da sua dose resultar de um compromisso entre a necessidade da água da piscina ser desinfetante e os seus efeitos nos banhistas.

 

Tags:
Arquivado em Notícias | Abril 14, 2015

Prevenção da legionella

Os sistemas de ar condicionado são usados em inúmeros edifícios de todo o mundo para melhorar o ar ambiente e, consequentemente, a nossa qualidade de vida.

 

No entanto, os tabuleiros de condensados dos equipamentos de ar condicionado, por serem ambientes escuros e húmidos, são propensos ao desenvolvimento de bactérias, fungos e algas.

Como resultado, a acumulação de lodo (biofilmes) pode dar origem a maus odores e ao entupimento dos drenos.

Assim, a constante passagem de ar pelo tabuleiro de condensados arrasta microrganismos no fluxo de ar, afetando negativamente a qualidade do ar interior e causando problemas de saúde para os ocupantes do edifício.

 

Entre as bactérias difundidas por estes sistemas é particularmente importante a legionella, responsável pela normalmente fatal doença do legionário.

 

A simples aplicação de uma pastilha desinfetante no tabuleiro de condensados impede o crescimento de microrganismos e garante o ar limpo de bactérias e fungos e impede também a formação de biofilmes.

A aplicação pode também ser realizada em splits, UTAs, chillers e ventiloconvectores.

Cada pastilha dura entre 2 a 4 meses e garante uma desinfeção contínua das águas de condensação.

 

O produto químico é de baixo preço e ação imediata; não é corrosivo nem oxidante e não provoca espuma; é biodegradável e de fácil aplicação, permitindo desinfetar o ambiente através do sistema de condicionamento de ar.

Homologado pelos ministérios de saúde espanhol e belga.

Testado pelo Instituto Ricardo Jorge de Lisboa, pela Universidade da Estremadura de Espanha e ainda pelos institutos Pasteur de Lyon e Erasme ULB de Bruxelas.

 

Consulte-nos para uma proposta comercial!

Tags:
Arquivado em Notícias | Novembro 11, 2014

Invernação das piscinas

Com a chegada do tempo frio, o que fazer às piscinas descobertas?

 

Tanto para as pequenas piscinas particulares como para as maiores piscinas de uso públicos, recomendamos a realização de diversas tarefas que permitirão a boa conservação da estrutura, dos revestimentos e dos equipamentos e o eventual aproveitamento da água para a época balnear seguinte e uma rápida reposição em serviço da instalação.

 

Assim, recomendamos:

 

1. Verificação do bom estado de funcionamento de todos os equipamentos elétricos, de recirculação e de filtração existentes na casa de máquinas.

2. Limpeza de toda a zona exterior envolvente do tanque.

3. (Se aplicável) Limpeza da linha de água com um desengordurante.

4. Aspiração do fundo e as paredes do tanque.

5. (se aplicável) Limpeza dos cestos dos skimmers.

6. Lavar os filtros de areia.

7. Retirar do tanque todos os acessórios fixos (ex: escadas de inox).

8. Ajustar, se necessário, os níveis de pH (6,9 a 7,4) e cloro livre (0,5 a 1,5 mg/l Cl2).

9. Quando a temperatura da água for inferior a 15 °C, efetuar um tratamento químico de invernação:

 

  • aplicar cerca de 15 g/m3 de dicloro granulado (obs: em piscinas de tela ou fibra, efetuar a prévia dissolução do produto de forma a não provocar manchas);
  • manter a água em recirculação através dos filtros, com as bombas de recirculação ligadas durante cerca de 24 horas;
  • (opcional) aplicar no tanque de compensação ou pelos diversos skimmers existentes uma pastilha de 200 gramas de tricloro em pastilhas por cada 15 m3 de água;
  • aplicar 5 litros por cada 100 m3 de água de produto químico invernador para estabilização da água e evitar o aparecimento de algas, microrganismos, etc., derramando-o junto às paredes da piscina e mantendo a água em recirculação durante cerca de 8 horas.

Sugestão: CTX-550 ou CTX-551

 

10. Colocar um ou vários flutuadores (ex: bola de plástico) na superfície da água de forma a evitar a formação de placas de gelo.

11. Colocar, se existir, a cobertura de inverno da piscina.

12. Reduzir no relógio do quadro elétrico o tempo diário de recirculação/filtração para cerca de 2 x ½ hora. Nota importante: a(s) bomba(s) de recirculação nunca deverão funcionar durante os períodos em que se preveja a descida da temperatura ambiente a valores capazes de poder provocar o congelamento da água nas tubagens; nesses casos será preferível parar completamente a recirculação e fechar todas as válvulas existentes.

13. Nos casos em que exista a possibilidade de inundação da casa das máquinas, é obrigatório retirar a bomba de recirculação e outros componentes elétricos, colocando-os em local seco.

14. (Opcional) Ajustar uma vez por mês, se necessário, o pH (6,9 a 7,4) da água e a reposição pastilhas de tricloro e realizar uma aspiração, uma lavagem completa do filtro e a limpeza dos skimmers (se aplicável).

15. Repetir a aplicação de produto químico invernador cerca de 3 meses após a aplicação inicial.

 

Consulte-nos para uma proposta comercial!

Tags:
Arquivado em Notícias | Novembro 11, 2014

Hanna Instruments edge

O medidor multiparâmetros edge™ é a última inovação do fabricante Hanna Instruments.

 

Apresenta um ecrã LCD de 5.5” e um teclado capacitivo, que juntamente com o desenho compacto (1,27 cm de espessura e cerca de 250 gramas) o tornam versátil para uma utilização tanto em campo como em laboratório ou mesmo instalado numa parede.

 

edge™ pode medir pH, condutividade e oxigénio dissolvido através dos seus exclusivos elétrodos digitais, automaticamente reconhecidos, que quando ligados fornecem informação sobre o tipo de sensor, dados de calibração e número de série.

 

Os elétrodos de pH incluem a função CAL-CHECK®, para avisar se o elétrodo não se encontra limpo ou se os seus padrões foram contaminados durante a calibração, e também a função SENSOR-CHECK (apenas para sensores com matching pin) para verificação se o bolbo do elétrodo de pH está partido ou a junção está obstruída.

 

Outras caraterísticas importantes:

  • Múltiplos pontos de calibração
  • Sensor de Temperatura incorporado em todos os elétrodos de pH
  • Duas portas USB, para fácil transmissão dos resultados para um computador
  • Bateria recarregável, 230 V


PVP: 411,00 € + IVA
Catálogo     Video

Tags:
Arquivado em Notícias | Novembro 11, 2014

Decks em compósito para piscinas

Os decks em compósito são uma alternativa à madeira tradicional.

Fabricados em Portugal com material compósito de madeira e polímero termoplástico são um produto inovador que combina a aparência e a nobreza da madeira com a resistência e a durabilidade dos polímeros.

De fácil manutenção (dispensam tratamentos superficiais com óleo, verniz, pintura ou impermeabilização) e de grande durabilidade (não apodrecem), são muito fáceis de aplicar, recicláveis e economicamente competitivos, garantindo o máximo conforto aos utilizadores.

Flyer DUNIKdeck

Tags:
Arquivado em Notícias | Julho 14, 2014

Mestrado em Técnicas de Caracterização e Análise Química

Organizado pela Escola de Ciências da Universidade do Minho, decorrerá no dia 6 de junho de 2013 nas instalações do Museu D. Diogo de Sousa em Braga, a comemoração do V Aniversário do Mestrado em Técnicas de Caracterização e Análise Química.

O evento, que terá início pelas 18h30, será constituído pela exposição de fotografias do concurso Olhares Analíticos, e ainda pela palestra de encerramento do ciclo de comunicações decorridas no âmbito do referido mestrado e intitulada À conversa com Mário Rebola: Controlo de Qualidade e a sua aplicabilidade empresarial.

Na sua palestra, Mário A. E. Rebola irá relatar o seu percurso individual ao longo dos últimos 25 anos, e que levou à consolidação daquele que é o nosso projeto empresarial na área do tratamento de águas de piscinas e de águas de consumo.

Tags:
Arquivado em Notícias | Maio 24, 2013

Certificação APCER

Realizou-se no passado dia 17 de maio a auditoria de 2º acompanhamento ao Sistema de Gestão da Qualidade pelo referencial NP EN ISO 9001:2008, já implementado na Mário Rebola – Consultoria Ambiental, Lda desde 2011-03-30.
Esta auditoria, da responsabilidade da entidade certificadora independente APCER, confirmou a adequação e o sucesso do sistema implementado na nossa organização e manteve o respectivo âmbito da certificação:
– Serviços Assistência Técnica e Consultoria em Água de Piscinas e Água de Consumo Humano.
– Comercialização de Equipamento e Produtos Químicos para Água de Piscinas e Consumo Humano.
Como sempre, procuraremos manter uma contínua, permanente e persistente busca na melhoria dos nossos serviços, com vista a poder satisfazer cada vez mais os nossos clientes.

ver certificado

Tags:
Arquivado em Notícias | Maio 24, 2013

Coberturas térmicas

Embora não se tratando de um equipamento de aquecimento solar, a utilização de coberturas térmicas numa piscina permite: evitar as diminuições caloríficas e a evaporação da água da piscina (com a consequente perda de calor); manter a temperatura da água da piscina durante o período noturno (representando uma considerável poupança ao nível do combustível de aquecimento da mesma); e também uma economia nos produtos de tratamento.

Se utilizada no período diurno, e com a incidência da luz solar, estes equipamentos proporcionam a transformação da energia solar em energia térmica, com o consequente aumento da temperatura da piscina em alguns graus, o que poderá também representar uma rentabilização do período de utilização de piscinas não aquecidas.

Constituídas por películas de polietileno de 400 a 500 microns, as coberturas térmicas para retenção de calor representam pois um interessante investimento na economia do aquecimento da água das piscinas.

O seu uso complementar com enroladores específicos permite uma utilização mais confortável e prática.

Normalmente são fornecidas com rebordo em todo o perímetro fixados por costura (com faixa de polietileno cosida), com soldadura por ultrassons e com aplicação de olhais (em latão niquelado ou PVC).

Tags:
Arquivado em Notícias | Fevereiro 22, 2013

Aspirador automático Typhoon Plus Top

Typhoon Plus Top é um aspirador automático robusto, eficiente e muito prático, indicado para piscinas particulares e pequenas piscinas públicas (até 100 m2).

O seu sistema AquaSmart permite programar o tempo de duração da aspiração, o nível de limpeza, a frequência de subida das paredes, o tamanho e a forma da piscina, e ativar/desativar o sistema de deteção de obstáculos.

Este novo aspirador dispõe também de um sistema eletrónico anti-nós, de escovas em PVA e de um sistema revolucionário de limpeza a pressão que consiste em pequenos orifícios (na parte inferior do equipamento) que emitem água a pressão e ajudam a um melhor desempenho e reduzem as passagens necessárias para uma limpeza perfeita.

Os novos filtros possuem acesso pela parte superior de modo a poderem ser limpos de uma forma mais simples, cómoda e sem entrar em contacto directo com a sujidade. Um indicador (leds) informa acerca do estado desses filtros.

Inclui ainda o Aquakart (carrinho especialmente concebido para transportar sem esforço, o aspirador e o seu cabo flutuante de 23 metros) e um controlo remoto que permite ao operador realizar limpezas rápidas em zonas específicas.

Tags:
Arquivado em Notícias | Fevereiro 22, 2013

Seminário Sagilab – Albufeira

Organizado pelo Sagilab – Laboratório de análises técnicas, SA, decorreu no passado dia 23 de outubro nas instalações da AETHA em Albufeira, um seminário subordinado ao tema “Os dados laboratoriais como ferramentas de trabalho“.

Destinado a um público muito vasto, este encontro contou com a presença de diversos responsáveis da Administração Regional de Saúde do Algarve, com directores de infraestruturas e manutenção de equipamentos de algumas unidades hospitalares, com responsáveis técnicos de unidades hoteleiras e alguns operadores de piscinas, entre outros.

Um dos 11 oradores convidados foi Mário A. E. Rebola, que apresentou a comunicação “A importância do controlo analítico no tratamento de águas de piscinas“, a qual tendo por base a sua própria experiência, acumulada ao longo dos últimos 20 anos no tratamento de águas de piscinas, despertou o interesse da generalidade dos presentes, como se pôde aferir pelas inúmeras questões então apresentadas.

Outras ações similares estão também previstas virem a ser desenvolvidas a curto prazo na região Norte.

Tags:
Arquivado em Notícias | Fevereiro 22, 2013

Outono na piscina

O Verão acabou… mas o prazer da piscina não!!

O prolongamento da temporada de banhos de uma piscina exterior é possível e garante a optimização do investimento realizado.

Quando se pretende a utilização de piscinas exteriores com temperaturas até 28 ºC, mesmo em dias frescos como os de Outono ou de Primavera, a solução mais económica é a instalação de uma bomba de calor no circuito.

Estes equipamentos utilizam a energia calorífica do ar para, com a ajuda de um circuito frigorífico, transferir essa energia para a água da piscina, obtendo-se assim até 5 kW de calor por cada kW consumido.

Consulte-nos também acerca de coberturas automáticas, coberturas de Inverno e coberturas térmicas.

Tags:
Arquivado em Notícias | Setembro 28, 2012

Furos de captação de águas subterrâneas

O Instituto Português da Qualidade acaba de publicar o “Manual de Boas Práticas para a execução e exploração de furos de captação de águas subterrâneas”.
Este guia, sem pretensões científicas, destina-se principalmente a quem pretenda construir furos de captação de água subterrânea, mas não dispõe de conhecimentos técnicos suficientes para exigir uma execução desses trabalhos com a garantia de qualidade proporcional ao seu investimento, e transmite ao Dono de Obra (eventual utilizador) alguns conhecimentos práticos e objetivos que lhe permitam estabelecer diálogo com a empresa executora da captação, suficientes para que desse diálogo resultem benefícios para o utilizador do furo de captação de água, para que este o possa utilizar de modo profícuo, estável e duradouro.
Para quem pretenda executar uma captação de água subterrânea, também será importante conhecer as condicionantes legais deste tipo de obra, quer no que se refere à sua responsabilidade perante a Lei, quer ainda quanto à documentação legal que deverá ser exigida ao Empreiteiro para evitar as contraordenações e as coimas previstas na lei.

Manual Furos Captacao Agua

Tags:
Arquivado em Notícias | Setembro 28, 2012

A confiança do mercado

A mais recente conjectura económica nacional e internacional tem conduzido a uma retração geral da economia, obrigando-nos a todos a sermos mais exigentes e rigorosos nos nossos investimentos e nas nossas despesas correntes.

Os mercados da distribuição de água tratada para consumo humano e o das piscinas de utilização pública não fugiram a esta regra!

Felizmente, ambos os mercados têm sabido reconhecer a qualidade, o rigor, a competitividade e a honestidade que sempre apresentamos nas nossas propostas/soluções.

Deste modo, e desde o início deste ano, temos continuado a receber a renovação da confiança dos nossos clientes, quer através da manutenção de contratos já existentes (ex: Axis Wellness, Hospital de Braga, Melsport, RTA, etc), quer através de novas adjudicações em inúmeros concursos ou consultas públicas (ex: com os municípios de Alijó, Amarante, Arcos de Valdevez, Baião, Gondomar, Lamego, Resende, Peso da Régua, S. João da Pesqueira, Tarouca e Valença; e com o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro ou a ARS-Centro).

Por outro lado, nestes período temos também vindo a conquistar novos clientes, onde se destacam a Gedaz (empresa municipal de equipamentos desportivos de Oliveira de Azeméis), o Município de Cinfães ou a Fundação Couto.

A todos vós agradecemos a confiança demonstrada e prometemos continuar a manter os nossos valores.

Obrigado!

Arquivado em Notícias | Maio 30, 2012

Hipoclorito de sódio PWG

Foram recentemente criadas diversas normas internacionais (ex: NP EN 901:2009, para o Hipoclorito de sódio) que visam evitar a passagem comprovada para as águas destinadas ao consumo humano, de contaminantes provenientes dos próprios produtos químicos utilizados no tratamento dessas águas.

Essas normas têm conduzido ao desenvolvimento de produtos químicos com um grau de controlo de qualidade muito exigente em toda a cadeia de produção. Exemplo disso é o Hipoclorito de sódio PWG.

No processo de normalização participaram diversos agentes a nível nacional, entre os quais a Quimitécnica (como representante dos produtores de reagentes), e ainda o LNEC, a DGS, o IRAR, a EPAL e as Águas do Douro e Paiva.

O Município de Lamego, sensível às questões de saúde dos seus munícipes, apresenta-se na vanguarda da utilização de produtos químicos de qualidade premium, iniciando em Abril a aplicação de Hipoclorito de sódio PWG no tratamento das suas águas de consumo humano.

Tags:
Arquivado em Notícias | Março 26, 2012

Promoção aspirador automático Typhoon Pro

O Typhoon Pro é um aspirador automático robusto e prático, indicado para piscinas públicas de tamanho médio (até 25 metros de comprimento).

O seu sistema AquaSmart está dotado de um programa automático de limpeza que permite programar o tempo de duração da aspiração, o nível de limpeza, o tipo de revestimento e o comprimento piscina, e ainda retardar o arranque de funcionamento.

Através de um controlo remoto o operador pode também realizar limpezas rápidas em zonas específicas. Com um simples toque num botão o aspirador é dirigido em qualquer direcção até 360 º.

O seu sensor infravermelhos permite que o aspirador se desvie dos obstáculos e continue o seu programa de limpeza, enquanto o sensor de ar Beach Boy retorna o equipamento para dentro de água quando detecta que este se encontra fora de água ou atingiu a profundidade zero (em piscinas tipo praia), desligando-o e evitando o seu sobreaquecimento.

Inclui o Aquakart, carrinho especialmente concebido para transportar sem esforço, o aspirador, o seu cabo flutuante de 30 metros e a sua fonte de alimentação, mantendo tudo limpo e organizado.

Preço especial de campanha (até 31 de Março 2012  30 de Abril 2012): 2.700,00 € + IVA

PVP 2012: 4.167,21 € + IVA

Tags:
Arquivado em Notícias | Março 26, 2012

Fotómetro Lovibond MD 100

O novo fotómetro Lovibond MD 100 é rápido, preciso e em formato de bolso.
Ideal para o controlo dos teores de desinfectante, pH ou outros nas redes de água de abastecimento público e em piscinas públicas.
Apresenta algumas características inovadoras e muito interessantes: desenho ergonómico; scroll memory (para acesso rápido aos métodos de análise preferenciais); à prova de água (IP68, 1 hora a 0,1 metros); indicação de funcionamento de calibração; visor iluminado; desligamento automático; função de data e relógio em tempo real; One Time Zero – OTZ (não é necessário realizar um novo acerto do zero antes de cada análise).
Disponível para a realização de um único parâmetro (cloro) ou de um conjunto de vários parâmetros (entre 2 e 6), utiliza reagentes muito práticos e económicos.
Tags:
Arquivado em Notícias | Março 26, 2012

Sistemas de desinfecção por UV

Quando a água de uma captação particular (furo, poço ou mina) apresenta contaminação bacteriológica, o seu tratamento de desinfecção pode ser realizado através de um sistema de desinfecção através de radiação UV.

Estes sistemas, compostos por uma microfiltração e por uma desinfecção através de radiação UV em câmara de inox fechada,  são de funcionamento e manutenção muito simples, e permitem uma elevada eficácia de operação na remoção de bactérias (superior a 99,9%).

Devem ser considerados para desinfectar águas de consumo com patamares de contaminação bacteriológica baixa-média, e devem ser instalados o mais próximo possível do ponto de utilização (normalmente, no interior da habitação e antes das derivações da rede de distribuição).

As suas principais vantagens, comparativamente à tradicional desinfecção por hipoclorito de sódio, são a não alteração do gosto, do cheiro e da cor da água.

Possuímos diversas soluções, de fabrico nacional, garantidamente adaptadas às mais diversas situações.

Tags:
Arquivado em Notícias | Janeiro 15, 2012

Salão de Piscinas Santarém 2012

Está agendada para 2 a 4 de Março, a realização de mais um Salão Internacional de Piscinas Santarém 2012.

A organização deste certame, que é a referência em Portugal no sector de piscinas, será novamente realizada pelo CNEMA – Centro Nacional de Exposições, que o está a orientar para o público em geral e para o qual espera um elevado sucesso.

Os sectores em exposição deverão abranger um gama bastante diversificada de áreas, desde piscinas em kit, pisos e equipamentos desportivos, coberturas para piscinas, equipamentos de filtração, sistemas de automatização, gestão de instalações, construção de piscinas, produtos químicos para tratamento, climatização, robótica de limpeza, mobiliário, iluminação, etc.

Paralelamente decorrerão umas jornadas técnicas do sector e um diversificado programa de animação.

Tags:
Arquivado em Notícias | Janeiro 15, 2012

Inauguração das piscinas de Peso da Régua

Foram inauguradas no dia 25 de Novembro as novas piscinas municipais cobertas de Peso da Régua.
Estas novas instalações, cujos pormenores de funcionalidade foram exemplarmente aperfeiçoados pelos responsáveis técnicos da autarquia, estão dotadas de dois tanques de natação (25×17 metros e 17×8 metros) e de modernos equipamentos para o tratamento e controlo da qualidade das águas, onde se destacam os sistemas de desinfecção por radiação UV com lâmpadas de média pressão e os filtros multimédia de antracite e areia.
O elevado grau de exigência estabelecido pelos responsáveis da autarquia duriense para com o bem-estar dos seus munícipes e colaboradores, conduziu à adjudicação dos nossos serviços de consultoria técnica e de fornecimento de todos os produtos químicos necessários ao tratamento das águas daquelas piscinas, visando assim atingir padrões de qualidade que distingam estes equipamentos públicos.
Arquivado em Notícias | Novembro 29, 2011

GE Osmonics® – sistemas de osmose inversa

A osmose inversa é um processo de tratamento de água, realizado sob pressão e através de processos exclusivamente físicos, que permite a obtenção de água de muito elevada qualidade e que pode ser utilizada para consumo humano.

Esta metodologia de tratamento pode, por exemplo, ser utilizada para a remoção de compostos em suspensão e para a separação de substâncias de baixa massa molecular dissolvidas, como contaminantes químicos orgânicos (ex: pesticidas), inorgânicos (ex: nitratos) ou microbiológicos (ex: coliformes).

O equipamento de osmose inversa da GE Osmonics, modelo Merlin, tem capacidade para produzir em contínuo um caudal médio de 114 litros/hora (2.725 litros/dia). Estes sistemas são muito compactos, podem ser facilmente instalados debaixo de um lava-loiça ou de um bebedouro e não requerem bombas de pressurização auxiliares nem reservatórios de armazenamento.

Arquivado em Notícias | Novembro 29, 2011

CrystalCare® Antislip – antiderrapante

O CrystalCare® Antislip é um novo conceito em tratamentos antiderrapantes de superfícies molhadas.

Trata-se de um produto que pode ser aplicado sobre todo tipo de superfícies: revestimentos cerâmicos, mármores, madeiras, superfícies com resina, PVC, poliéster, aço inoxidável, em banheiras, em terraços, etc..

CrystalCare® Antislip não altera a cor das superfícies tratadas, não amarelece com o tempo, é de secagem rápida, tem uma boa resistência à abrasão e após secagem permite a lavagem das superfícies com todo o tipo de detergentes.

Principais aplicações na área das piscinas: tratamentos antiderrapantes de pavimentos e bordaduras de piscinas, escadas de inox etc., incluindo as zonas que estão permanentemente submersas.

Arquivado em Notícias | Novembro 29, 2011

Axis Wellness instala zeólitas filtrantes

O Axis Wellness, em Viana do Castelo, procedeu em Outubro a alterações nos seus equipamentos de filtração da água da piscina, cumprindo assim a sua filosofia de permanente exigência dos mais elevados padrões de qualidade, e disponibilizando aos seus associados uma água de máxima qualidade.

A areia de sílica dos dois filtros instalados para tratamento da água da piscina foi completamente substituída por zeólitas filtrantes (um mineral de origem vulcânica, com propriedades muito especiais para o tratamento de água).

Com a substituição do meio filtrante pretendeu-se: melhorar a capacidade de filtração e a transparência da água da piscina; reduzir o volume de água de lavagens dos filtros; reduzir o consumo de produtos químicos e ainda, eliminar os compostos azotados responsáveis pela posterior formação de cloraminas.

A transparência e o conforto daquela água podem ser comprovados visitando a piscina do Axis Wellness Viana do Castelo fitness spa.

Tags:
Arquivado em Notícias | Outubro 28, 2011

Piscina de fisioterapia no Hospital de Braga

O Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do novo Hospital de Braga iniciou no passado dia 11 de Outubro as actividades diárias de tratamentos em piscina terapêutica.

As novas instalações, dotadas de modernos equipamentos de tratamento e controlo da qualidade da água da piscina, traduzem um profundo melhoramento relativamente aos equipamentos anteriormente instalados no antigo hospital de S. Marcos.

O grau de exigência, directamente estabelecido pelos responsáveis do Hospital de Braga, para com a saúde dos seus colaboradres técnicos e dos seus doentes, conduziu à renovação da confiança nos nossos serviços através do estabelecimento de um contrato de consultoria técnica (com fornecimento de todos os produtos químicos necessários ao tratamento da água da piscina) que respeita e suplanta os critérios estabelecidos pelo Manual de Boas Práticas de Medicina Física e de Reabilitação (Aviso n.º 9448/2002 – 2ª série).

Tags:
Arquivado em Notícias | Outubro 28, 2011

Novo site

Desde o dia 30 de Setembro, encontra-se online o novo site da Mário Rebola – Consultoria Ambiental, Lda.

Este novo site apresenta uma imagem claramente mais jovem e fresca, acompanhada por uma dinâmica muito superior à do antigo antigo, e faz parte de uma intervenção mais profunda realizada na nossa organização, que inclui a certificação da empresa e a aposta em novas dinâmicas de contacto com os clientes (onde também se insere a publicação regular de uma newsletter).

O novo site disponibilizará: documentação diversa (artigos técnicos, fichas técnicas e de segurança de produtos químicos); notícias actualizadas do sector; produtos, soluções e equipamentos para o tratamento de águas de consumo e de piscinas; dados diversos acerca da empresa (visão, missão, valores e lista de referências); informações acerca dos serviços de acompanhamento técnico a piscinas e para águas de consumo; links interessantes; etc.

Em breve, surgirão também novidades na área da formação técnica especializada para os operadores de piscinas, e será também desenvolvido um software específico para acesso privado dos nossos clientes com contrato de serviço de acompanhamento técnico, o qual nos permitirá um acompanhamento em tempo real da qualidade da água de cada piscina e do funcionamento geral das instalações e, consequentemente, uma intervenção muito mais rápida e eficaz nos respectivos melhoramentos.

Desta forma, pretendemos consolidar e estreitar a ligação com os nossos clientes, permitindo-lhes sentirem-se ainda mais confortáveis e confiantes nessa relação.

Tags:
Arquivado em Notícias | Outubro 28, 2011

Salón Internacional de la Piscina BCN 2011

Decorrerá em Barcelona, entre 18 e 21 de Outubro de 2011, a 10ª Edição do Salão Internacional de Piscina de Barcelona – Piscina BCN.

Este evento é considerado o mais completo e abrangente da especialidade, reunindo centenas de empresas internacionais líderes no sector da piscina privada, piscina pública e Wellness.

Na 9ª edição, em 2009, estiveram presentes 500 empresas de 33 países e mais de 16.000 visitantes de 110 países.

Na edição de 2011 o destaque principal vai para a área News & Piscina BCN Awards 2011, com participações de renome internacional, e onde se pretende reunir e impulsionar a inovação deste sector. Paralelamente, decorrerá um interessante programa de seminários e actividades, com apoio das principais associações do sector, que normalmente atrai especialistas e profissionais em busca de novos eixos de desenvolvimento.

www.salonpiscina.com

Arquivado em Notícias | Setembro 20, 2011